<$BlogRSDUrl$>

23/06/2004

Relatório da Primavera 2004... 

.
O Observatório Português dos Serviços de Saúde tem já na sua curta existência, um historial de criação de diversos documentos de referência, necessários a todos os que se interessam pela Saúde e a sua Gestão em Portugal. Trata-se de informação credível, factual e imparcial, o que neste país em que "muito se fala, pouco se diz e nada se discute", não deixa de ser um esforço a valorizar.

O Observatório resulta da parceria entre algumas instituições de ensino:

Escola Nacional de Saúde Pública
Faculdade de Economia de Coimbra - Centro de Estudos e Investigação da Saúde da Universidade de Coimbra
Instituto Superior de Ciências do Trabalho e da Empresa
Instituto Superior de Serviço Social do Porto

Na sua página de apresentação (disponível na coluna ao lado...), este é referido como:

"O Observatório Português dos Sistemas de Saúde (OPSS) tem como finalidade proporcionar a todos aqueles, que de maneira ou outra, podem influenciar a saúde em Portugal, uma análise precisa, periódica e independente da evolução do sistema de saúde português e dos factores que a determinam. O propósito é facilitar a formulação e implementação de políticas de saúde efectivas.

Os seus principais objectivos podem resumir-se da seguinte forma: (a) analisar prospectivamente a evolução do sistema de saúde português; (b) tornar essa analise facilmente acessível a todos os interessados; (c) constituir e melhorar continuamente uma base de conhecimentos sobre a gestão da saúde, de forma a estimular a análise dos sistemas de saúde e a investigação sobre serviços de saúde; (d) reforçar as relações de trabalho com outras instituições e projectos Europeus similares, muito particularmente com o Observatório Europeu de Sistemas de Saúde.

O OPSS não toma posição em relação às agendas políticas da saúde. Procura antes analisar objectivamente o que tem estado a acontecer no sistema de saúde, desde os processos de governação até às acções dos principais actores da saúde, reunindo a evidência que suporta esses processos, acções e os seus resultados.

O OPSS é constituído por uma rede de investigadores e instituições académicas dedicadas ao estudo dos sistemas de saúde (Figura). Esta organização em rede permite uma considerável pluralidade de pontos de vista, uma importante complementaridade de competências e uma gestão flexível das capacidades disponíveis.

O OPSS produz anualmente um relatório síntese da evolução do sistema de saúde português (Relatório de Primavera), e elabora e publica trabalhos técnicos relacionados com este tema (Cuidados de Saúde Primários em Portugal, 2002). Para este efeito procura estabelecer progressivamente um dispositivo observacional adequado e promover regularmente reuniões técnicas para aprofundar os temas seleccionados para análise. O OPSS, para além de observar o presente e analisar o passado mais ou menos imediato, procura estabelecer cenários sobre o futuro e aprender através de uma comparação contínua entre o "previsto" e o "observado".

Para melhorar a capacidade do OPSS organizar e gerir uma base de conhecimentos adequada aos seus objectivos e partilhá-la com todos aqueles que se interessam pelo sistema de saúde português, está em curso o desenvolvimento de um portal "gestão.saúde" (www.observaport.org)."


De especial importância reverte-se o seu último Relatório da Primavera, com o título "Incertezas... Gestão da Mudança na Saúde".

Neste fala-se das últimas políticas do Ministério da Saúde, desde as listas de espera, os hospitais SA e a Entidade reguladora da Saúde, entre outros.

Fica aqui o link, a não deixar de ler...

Relatório da Primavera de 2004 - Versão Completa

Fico a aguardar comentários.
Com Amizade, Carlos.

This page is powered by Blogger. Isn't yours?